Plano Político Pedagógico (PPP)

APRESENTAÇÃO

A educação em saúde considerada como um processo político pedagógico estabelece um pensar crítico e reflexivo, que permite uma análise da realidade e propõe ações transformadoras, considerando o conceito. de Educação Permanente em Saúde e articular com as necessidades dos serviços de saúde. No entanto, para que isso ocorra, torna-se necessário a interação entre as áreas acadêmicas, da atenção, da gestão e do controle social em saúde, com a clareza de conceitos e o domínio de metodologias e técnicas que viabilizem a tradução dos objetivos e estratégias em ações. (Machado MFAS, Monteiro EMLM, Queiroz DT, Vieira NFC, Barroso MGT. Integralidade, formação de saúde, educação em saúde e as propostas do SUS - uma revisão conceitual. Cien Saude Colet 2007; 12(2):335-342

As Diretrizes das Políticas Institucionais como, a Política Nacional de Educação Permanente em Saúde-PNEPS, Plano Distrital de Saúde-PDS, Plano Anual de Saúde – PAS, Lei Orçamentaria Anual-LOA e Lei de Diretrizes Orçamentária-LDO, em conjunto com o Planejamento Estratégico da Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal e Plano Político Instituvcional da Fepecs, devem servir de base para o desenvolvimento das atividades educativas.

Visto como um processo de construção coletiva, de forma responsável e transparente, o Projeto Político Pedagógico (PPP) da Escola de Aperfeiçoamento do Sistema Único de Saúde – EAPSUS busca consolidar as concepções e a organização das atividades educativas no âmbito da SES/DF. Enquanto um processo de educação permanente pressupõe avaliação continuada, buscando organizar-se em espaços formativos, comprometidos com as práticas do trabalho interdisciplinar, ampliar de forma positiva, as práticas de saúde nos cenários da SES.

 Link para o arquivo em PDF.